PRO SILVA PORTUGAL




Silvicultura Próxima da Natureza

 

 

A Silvicultura Pro Silva  favorece a conciliação da economia com a ecologia contribuindo para uma floresta sustentável, multifuncional, integrada e rentável.

 

Constitui um modo de intervenção que possibilita conjugar elementos ecológicos, económicos e sociais, fazendo uso de procedimentos e técnicas que actuam em conformidade com os processos naturais, na regeneração e condução dos povoamentos florestais, respeitando o equilíbrio dos sistemas naturais, e considerando o ecossistema florestal como um todo.

 

Promove estratégias que procuram a manutenção e utilização dos ecossistemas florestais de modo a que as funções ecológicas e sócio-económicas sejam sustentáveis e viáveis. A abordagem geral inclui os bens e os serviços do ecossistema.

 

A silvicultura Pro Silva procura garantir e conjugar as seguintes quatro principais funções e benefícios:

 

 

Defende uma silvicultura multifuncional, promovendo a integração de diferentes funções. Propõe uma silvicultura com respeito pelos equilíbrios biológicos, a integridade e o funcionamento do ecossistema florestal, promovendo a sua produtividade e perenidade. A salvaguarda pelas funções ecológicas e de conservação é considerada essencial para a continuidade económica.

 

Promove uma silvicultura com vista a uma melhoria do valor total do povoamento e um rendimento económico sustentável, procurando assegurar as condições naturais. Possibilita interessantes contributos para a sustentabilidade nas suas diferentes vertentes, com benefícios para o proprietário florestal, a sociedade e o meio ambiente em geral.

 

A silvicultura próxima da natureza tem uma longa tradição na Europa e tem tido um grande interesse pela sua aproximação aos processos naturais e aos seus benefícios económicos, ecológicos e sociais.

 

Através de uma silvicultura sustentável, no reforço da qualidade e proteção do meio natural, atende aos seguintes principais aspetos:

 
Biodiversidade

Biodiversidade – Fundamental para o funcionamento do ecossistema florestal, sua estabilidade, capacidade de adaptação e restauração. Para além do seu valor intrínseco, é essencial ao nível ecológico e traz muitos benefícios para as condições de vida humana e a economia pelos bens e serviços a que está associada.

Solo

Solo – Constitui a base para a durabilidade do povoamento florestal e da sua produtividade. A sua conservação e melhoria são importantes a vários níveis (contributo para a biodiversidade, conservação da água, produção florestal, armazenamento de carbono, luta contra a desertificação, …).

Água

Água – Elemento essencial para os processos biológicos e ecológicos, sendo importante a conservação e a qualidade da água como recurso indispensável.

Paisagem

Paisagem – Contribui para a melhoria da qualidade de vida e para o turismo, a partir da preservação e melhoria da paisagem florestal para o desenvolvimento de actividades privilegiadas das populações rurais e urbanas.

Responsabilidade ecológica

Responsabilidade ecológica – Característica central da actividade da silvicultura, onde o desenrolar das suas ações, a produção florestal e o rendimento económico sejam realizados de modo ecologicamente sustentável.




Topo


Logo

© 2019 - All rights reserved - Pro Silva Portugal